Menu
Home
Notícias
Documentos
Agenda
Jovens
Comunidade
Opinião
Vídeos - Documentários
Foto Galeria
Dossiers
SCUT's
Universidade de Viseu
Serviço Finanças 2
Minas da Urgeiriça
Jornadas Parlamentares
Newsletter






A Tua Opinião Conta
a_tuabeira.gif 
     Car@ leit@r esta é uma
     secção sua.
     Uma secção onde serão
     publicadas as opiniões
     que nos enviarem com
     esse fim.
     Os textos deverão ser
     enviados para o e-mail:
      Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o JavaScript terá de estar activado para que possa visualizar o endereço de e-mail
     Não podemos publicar
     textos não assinados
     ou insultuosos.
adere.gif
Assina/segue-nos no:


Recebe automaticamente por email as novas notícias:


Insere o teu email


twitter-birds.png

Add to Google Reader or Homepage 

Outros

 

Site do Bloco de Esquerda de Viseu, Bloco, b.e., Esquerda de Confiança, Juntar Forças, São Pedro do Sul, Vouzela, Tabuaço, Oliveira de Frades, Santa Comba Dão, Penedono, Penalva do Castelo, Nelas, Mortágua, Tondela, Vila Nova de Paiva, Tarouca, Armamar, Resende, Cinfães, Carregal do Sal, Sernancelhe, São João da Pesqueira, Sátão, Coração de Jesus, Rio de Loba, Campo, Abraveses, São José, Orgens, António Minhoto, Osvaldo Numão, Maria Graça Pinto, Carlos Vieira, Carlos Couto, Daniel Nicola, Bandeira Pinho, Alexandrino Matos, Rui Costa, Joel Campos, António Amaro, Manuela Antunes, Carla Mendes, Joge Carneiro, Padre Costa Pinto, Francisco Louçã, Marisa Matias, Miguel Portas, Pedro Soares, Magaça

Onde estão os candeeiros do Mestre Malho? PDF Imprimir e-mail
19-Set-2011
mestre_malho.jpg
O deputado municipal do Bloco de Esquerda, em Fevereiro deste ano, questionou a Câmara sobre o paradeiro dos candeeiros de ferro forjado da autoria de Mestre Arnaldo Malho, o poeta do ferro, como lhe chamou Aquilino Ribeiro, tendo o presidente da autarquia respondido que estavam espalhados pelo centro histórico e na Santa Cristina . O deputado municipal do BE, Carlos Vieira, ficou atónito com tal resposta, mas teve de esperar pela Assembleia Municipal de 27 de Junho para tentar esclarecer o executivo de que não estavam a falar da mesma coisa (devia estar a falar dos candeeiros da escola de Meste Malho que a autarquia também retirou da Rua Direita e do Largo D. Duarte, embora tenha deixado alguns exemplares noutras ruelas do centro histórico e apresentou fotografias dos candeeiros em causa, retirados há três anos, de que não restam um único exemplar na cidade.

Fernando Ruas voltou a dar a mesma resposta e, depois do nosso deputado ter insistido de que não estavam a falar da mesma coisa, lamentando que Fernando Ruas  não tenha conhecimento do património da cidade, ao fim de mais de vinte anos de mandatos, o presidente da Câmara leu a seguinte resposta (provável relatório dos serviços respectivos): "Os candeeiros levantados nalgumas artérias foram distribuídos pela zona histórica e parque de Santa Cristina. Em armazém estão a recuperar 14 do Mestre Malho e 5 do outro artista, incluindo os já designados. Encontram-se em armazém 51 candeeiros. sendo o último colocado na Quelha da Rua do Bispo, em Março". Misturar candeeiros sem qualquer valor artístico com os de Mestre Malho só serve para confundir, mas a resposta de Fernando Ruas ao Diário de Viseu  de 4.07.2011 é clara: "grande parte dos candeeiros estão guardados em armazém onde se está a proceder à recuperação. A autarquia tem procedido à sua recolocação na parte mais antiga da cidade". Ora isto é mentira: não existe nenhum candeeiro de Mestre Malho na cidade. Os últimos estavam na fachada da Igreja da Misericórdia e também foram retirados aquando das obras de requalificação. Esperemos que não tenham sido deixados para o empreiteiro como "lixo de obra" como parece ter acontecido com os portões de ferro forjado do antigo Mercado 2 de Maio, aquando das obras de requalificação daquela Praça. Lembramos que os candeeiros de ferro fundido estilo Arte Nova, da Rua do Comércio, o estilo arquitectónico dos mais belos prédios daquela artéria, também desapareceram, apesar da denúncia da Associação Olho Vivo.
 
ferro_fundido.jpg

Candeeiros Ferro Fundido de Estilo Arte Nova
 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
Destaque
bannercp11.jpg
Gui Direitos Estudante
brochuraestudantes.jpg
Revista Vírus
virus_12.jpg
Sites do Bloco

be_esq.jpg
grupo_parlamentar_copy.png
be_sitebe.jpg
 beinternacional.jpg
videos_parlamento.jpg 
videos_campanha.jpg
livraria_online_copy_copy.gif

be_ecoblog.jpg

Bloco no FacebookBloco no MySpace

 Bloco no TwitterBloco no Youtube

 Bloco no hi5Bloco no Flickr

Online
© 2017 Bloco de Esquerda - Distrito de Viseu
Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.