Home arrow Universidade de Viseu arrow Curso de Medicina a caminho de Aveiro
Menu
Home
Notícias
Documentos
Agenda
Jovens
Comunidade
Opinião
Vídeos - Documentários
Foto Galeria
Dossiers
SCUT's
Universidade de Viseu
Serviço Finanças 2
Minas da Urgeiriça
Jornadas Parlamentares
Newsletter






a_tuabeira.gif 
     Car@ leit@r esta é uma
     secção sua.
     Uma secção onde serão
     publicadas as opiniões
     que nos enviarem com
     esse fim.
     Os textos deverão ser
     enviados para o e-mail:
      Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o JavaScript terá de estar activado para que possa visualizar o endereço de e-mail
     Não podemos publicar
     textos não assinados
     ou insultuosos.
adere.gif
Assina/segue-nos no:


Recebe automaticamente por email as novas notícias:


Insere o teu email


twitter-birds.png

Add to Google Reader or Homepage 

Outros

 

Site do Bloco de Esquerda de Viseu, Bloco, b.e., Esquerda de Confiança, Juntar Forças, São Pedro do Sul, Vouzela, Tabuaço, Oliveira de Frades, Santa Comba Dão, Penedono, Penalva do Castelo, Nelas, Mortágua, Tondela, Vila Nova de Paiva, Tarouca, Armamar, Resende, Cinfães, Carregal do Sal, Sernancelhe, São João da Pesqueira, Sátão, Coração de Jesus, Rio de Loba, Campo, Abraveses, São José, Orgens, António Minhoto, Osvaldo Numão, Maria Graça Pinto, Carlos Vieira, Carlos Couto, Daniel Nicola, Bandeira Pinho, Alexandrino Matos, Rui Costa, Joel Campos, António Amaro, Manuela Antunes, Carla Mendes, Joge Carneiro, Padre Costa Pinto, Francisco Louçã, Marisa Matias, Miguel Portas, Pedro Soares, Magaça

Curso de Medicina a caminho de Aveiro PDF Imprimir e-mail
15-Dez-2009
medicina.gif"A Universidade de Aveiro (UA) deverá arrancar em 2011/12 com um curso de Medicina. A comissão internacional de avaliação ratificou o projecto, faltando o sim do ministro, que poderá anunciar a decisão no aniversário da UA.

 O curso de Medicina da UA será o nono em Portugal. O projecto aveirense já foi ratificado por uma comissão de avaliação internacional, requisito obrigatório, faltando a aprovação por parte do Ministério do Ensino Superior. Segundo apurou o JN, outras instituições, nomeadamente a Universidade Fernando Pessoa, a CESPU - Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (Paredes) e a Universidade Lusófona também mostraram interesse num curso de Medicina, mas a comissão internacional considerou inoportuna a aprovação.

Salvato Trigo, reitor da Universidade Fernando Pessoa, adiantou, ao JN, que a instituição vai avançar com uma nova candidatura até ao final deste ano, assente no hospital universitário que a instituição vai criar em Paredes e que deverá estar pronto no final de 2011. A obra deverá arrancar, adianta o reitor, durante o primeiro trimestre de 2010.

Fontes da Universidade de Aveiro, contactadas pelo JN, esperam que o ministro Mariano Gago anuncie o deferimento governamental no próximo dia 15, quando visitar a cidade, no âmbito das comemorações do 36º aniversário da UA.

O curso de Medicina deverá arrancar no ano lectivo 2011/12, ficando instalado no Edifício das Ciências da Saúde, situado na zona do Crasto, no campus.

O número de alunos a entrar em cada ano ainda não está definido, apesar de haver uma previsão. Mas dificilmente entrarão mais de 50 no primeiro ano.

Segundo apurou o JN, o projecto do curso de Medicina de Aveiro conta com vários parceiros, nomeadamente três hospitais - Hospital de Aveiro, Hospital de Santa Maria da Feira e Hospital de Viseu - e o Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS), uma unidade orgânica da Universidade do Porto que colabora com o Hospital de Santo António, e que funcionará com um supervisor. A entrada de uma entidade com experiência na formação de médicos foi uma das exigências da comissão de avaliação internacional, tendo a escolha recaído no ICBAS.

Outra obrigatoriedade dos peritos foi o número de camas com doentes onde os alunos possam exercer a parte prática. O Hospital de Aveiro não tem dimensão para, por si só, "acolher" um curso de Medicina, tendo por isso os responsáveis universitários associado os hospitais de Santa Maria da Feira e de Viseu, localidades onde os alunos poderão ficar durante alguns períodos em determinados módulos formativos. Os centros de saúde serão igualmente parceiros, devendo receber os estudantes."

No JN de 2009-12-03
JOÃO PAULO COSTA

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
© 2023 Bloco de Esquerda - Distrito de Viseu
Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.