Menu
Home
Notícias
Documentos
Agenda
Jovens
Comunidade
Opinião
Vídeos - Documentários
Foto Galeria
Dossiers
SCUT's
Universidade de Viseu
Serviço Finanças 2
Minas da Urgeiriça
Jornadas Parlamentares
Newsletter






a_tuabeira.gif 
     Car@ leit@r esta é uma
     secção sua.
     Uma secção onde serão
     publicadas as opiniões
     que nos enviarem com
     esse fim.
     Os textos deverão ser
     enviados para o e-mail:
      Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o JavaScript terá de estar activado para que possa visualizar o endereço de e-mail
     Não podemos publicar
     textos não assinados
     ou insultuosos.
adere.gif
Assina/segue-nos no:


Recebe automaticamente por email as novas notícias:


Insere o teu email


twitter-birds.png

Add to Google Reader or Homepage 

Outros

 

Site do Bloco de Esquerda de Viseu, Bloco, b.e., Esquerda de Confiança, Juntar Forças, São Pedro do Sul, Vouzela, Tabuaço, Oliveira de Frades, Santa Comba Dão, Penedono, Penalva do Castelo, Nelas, Mortágua, Tondela, Vila Nova de Paiva, Tarouca, Armamar, Resende, Cinfães, Carregal do Sal, Sernancelhe, São João da Pesqueira, Sátão, Coração de Jesus, Rio de Loba, Campo, Abraveses, São José, Orgens, António Minhoto, Osvaldo Numão, Maria Graça Pinto, Carlos Vieira, Carlos Couto, Daniel Nicola, Bandeira Pinho, Alexandrino Matos, Rui Costa, Joel Campos, António Amaro, Manuela Antunes, Carla Mendes, Joge Carneiro, Padre Costa Pinto, Francisco Louçã, Marisa Matias, Miguel Portas, Pedro Soares, Magaça

SCUT's PDF Imprimir e-mail
13-Out-2010
 Opinião
Texto de Maria da Graça M. Pinto

magaapb.jpgNo dia 8 de Outubro teve lugar uma jornada nacional contra a introdução de portagens nas SCUTs promovida pelas Comissões de Utentes.
O BE  assume  a luta contra o portajamento das SCUTS como uma  oposição ao  subdesenvolvimento do interior e à redução de rendimento disponível das famílias. Estas auto-estradas Sem Custos para o Utilizador  constituem  um   factor de combate às assimetrias regionais  e são usadas por milhares de trabalhadores no seu itinerário diário para o local de trabalho.
Para retratar essa situação, basta atentar que dois dos maiores empregadores do Distrito de Viseu como é o caso da PSA, em Mangualde ,e da Martifer, em Oliveira de Frades recrutam bastantes trabalhadores de outros concelhos que têm a A25 como meio  deslocação.   O ónus da introdução das portagens recairá, também, sobre muitos outros trabalhadores, nomeadamente da administração pública, que percorrem diariamente esta via para chegarem ao local de trabalho  e não têm alternativas  credíveis.
Eis alguns dados que ilustram bem o que as pessoas que percorrem, diariamente, estas vias pagarão para trabalhar : cada viagem entre Viseu e a Guarda representará um custo de 6.40 e entre Viseu e Lamego de 5,80, isto para veículos da classe 1 , sendo que os da classe  2 e os pesados pagarão montantes  muito superiores.

No plano do desenvolvimento económico, a introdução  de portagens nas SCUTs terá efeitos desastrosos. Quem pagará os custos que advém do transporte das mercadorias? A que preço chegarão estas ao mercado? Quantas empresas que exportam para Espanha encerrarão? Quando tanto se fala na necessidade de promover as exportações como factor de revitalização da  economia, atente-se neste dado: uma viagem entre Viseu Vilar Formoso representará para os veículos pesados um custo de cerca de 24 euros e setenta cêntimos.
Importa agora que os deputados eleitos pelo distrito de Viseu para a Assembleia da República,  ao contrário do que fizeram em Julho,   defendam os interesses das populações e da região, aprovando o projecto de lei do BE, apresentado na passada quarta-feira  que revoga a imposição de portagens .
É tempo de se saber quem está com as populações do Distrito . A posição dos deputados do PSD, eleitos por Viseu que viabilizaram as portagens é sintomática da subordinação das justas pretensões do Distrito à máquina partidária. Do lado dos deputados do PS faltou coragem para cumprir com a palavra dada aos eleitores.
Já vai sendo tempo de as pessoas exigirem respeito pelos seus direitos e o cumprimento da palavra dada!

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
© 2021 Bloco de Esquerda - Distrito de Viseu
Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.