Home arrow Jornadas Parlamentares arrow Salvar o País: 15 medidas para o Orçamento
Menu
Home
Notícias
Documentos
Agenda
Jovens
Comunidade
Opinião
Vídeos - Documentários
Foto Galeria
Dossiers
SCUT's
Universidade de Viseu
Serviço Finanças 2
Minas da Urgeiriça
Jornadas Parlamentares
Newsletter






a_tuabeira.gif 
     Car@ leit@r esta é uma
     secção sua.
     Uma secção onde serão
     publicadas as opiniões
     que nos enviarem com
     esse fim.
     Os textos deverão ser
     enviados para o e-mail:
      Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o JavaScript terá de estar activado para que possa visualizar o endereço de e-mail
     Não podemos publicar
     textos não assinados
     ou insultuosos.
adere.gif
Assina/segue-nos no:


Recebe automaticamente por email as novas notícias:


Insere o teu email


twitter-birds.png

Add to Google Reader or Homepage 

Outros

 

Site do Bloco de Esquerda de Viseu, Bloco, b.e., Esquerda de Confiança, Juntar Forças, São Pedro do Sul, Vouzela, Tabuaço, Oliveira de Frades, Santa Comba Dão, Penedono, Penalva do Castelo, Nelas, Mortágua, Tondela, Vila Nova de Paiva, Tarouca, Armamar, Resende, Cinfães, Carregal do Sal, Sernancelhe, São João da Pesqueira, Sátão, Coração de Jesus, Rio de Loba, Campo, Abraveses, São José, Orgens, António Minhoto, Osvaldo Numão, Maria Graça Pinto, Carlos Vieira, Carlos Couto, Daniel Nicola, Bandeira Pinho, Alexandrino Matos, Rui Costa, Joel Campos, António Amaro, Manuela Antunes, Carla Mendes, Joge Carneiro, Padre Costa Pinto, Francisco Louçã, Marisa Matias, Miguel Portas, Pedro Soares, Magaça

Salvar o País: 15 medidas para o Orçamento PDF Imprimir e-mail
21-Out-2010
viseu1_0.jpg “Ao orçamento da recessão” Bloco contrapõe “orçamento da responsabilidade e do crescimento".

 

O líder do grupo parlamentar, José Manuel Pureza, confirmou, durante a sessão de encerramento das jornadas parlamentares, realizadas em Viseu, que o Bloco irá votar contra a proposta apresentada pelo governo para o OE’2011.

O deputado esclareceu ainda que o Bloco não aceitará “reduzir a despesa que é indispensável à democracia, que é a despesa com os mais pobres” e que o Governo e o Bloco têm posições “antagónicas” sobre aquelas que devem ser as medidas implementadas para o combate à crise. “Ao orçamento da recessão, que é o orçamento do governo, nós queremos aqui opor um orçamento da responsabilidade e do crescimento”, defendeu José Manuel Pureza.

 O pacote de 15 medidas apresentado pelo Bloco de Esquerda para “salvar o país da recessão” permite uma redução da despesa idêntica àquela que é proposta pelo Governo, no entanto, “enquanto o governo reduz esse valor nos salários e nas pensões, o Bloco reduz esse montante fazendo cortes nas despesas inúteis, supérfluas e que se prendem com a inércia e a manutenção de privilégios insustentáveis”.

Entre outras medidas, o Bloco propõe a criação de um Imposto Único sobre o Património, tendo como objectivo o acréscimo de 600 milhões sobre as receitas fiscais actuais, e que incluirá toda a propriedade mobiliária e imobiliária, créditos e débitos e outros valores patrimoniais; a tributação em 75% das mais-valias urbanísticas que decorrem de benfeitorias provocadas por obras públicas ou da alteração do registo de propriedade que permita a sua urbanização; e a redução imediata da despesa, através, por exemplo, do corte para metade nas consultorias jurídicas e outra assistência técnica não justificada, da utilização de software livre na administração pública, da venda dos submarinos e da transferência das convenções da ADSE com unidades privadas de internamento para o SNS.

As medidas apresentadas pelo Bloco de Esquerda têm três grandes objectivos:

- Passar de uma projecção de redução do PIB em mais de 1% para uma política realista com crescimento de pelo menos 1%, passando da recessão à recuperação. O valor do estímulo directo à economia e à criação de emprego com o Orçamento proposto pelo Bloco de Esquerda é de 2% do PIB.

- Basear a consolidação orçamental numa revolução fiscal e em contas exigentes.

- Melhorar a distribuição social do rendimento para reduzir a pobreza e proteger o salário, respondendo a problemas estruturais da sociedade portuguesa com uma política socialista para uma geração.

Consulte as 15 medidas apresentadas:


Ficheiro:
Tamanho:
  15medidas_101019_2.pdf 135.33 KB

 

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
Destaque
bannercp11.jpg
Gui Direitos Estudante
brochuraestudantes.jpg
virus_12.jpg
Sites do Bloco

be_esq.jpg
grupo_parlamentar_copy.png
be_sitebe.jpg
 beinternacional.jpg
videos_parlamento.jpg 
videos_campanha.jpg
livraria_online_copy_copy.gif

be_ecoblog.jpg

Bloco no FacebookBloco no MySpace

 Bloco no TwitterBloco no Youtube

 Bloco no hi5Bloco no Flickr

Online
© 2021 Bloco de Esquerda - Distrito de Viseu
Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.