SCUT's: "Pešam, Senhores candidatos pelo PS, PSD e CDS, quanto antes, desculpa aos visienses"
30-Mai-2011

porticos_portagens.jpgOs candidatos à Assembleia da República por Viseu do PS Vieram exigir publicamente ao PSD que se desculpe, perante o PS e os visienses, a propósito da introdução de portagens na A 24 e na A 25.
 
O Bloco de Esquerda associa-se a esta exigência, quanto ao PSD, mas alarga-a também ao CDS e ao PS. Peçam, Senhores candidatos pelo PS, PSD e CDS,  quanto antes, desculpa aos visienses pelo atentado que a vossa atitude constituí ao rendimento das famílias e ao desenvolvimento económico da região.
 
Nesta matéria, a falta de palavra do PS é escandalosa, atento o compromisso eleitoral que assumiram em 2009, com os eleitores de Viseu: prometeram a manutenção das SCUTS, isto é o seu não portajamento. Importa, pois, que sejam consequentes e não se escondam atrás do PSD para justificar a falta de palavra. O Bloco de Esquerda pretende que, definitivamente, o PS assuma as suas responsabilidade e esclareça se irá, ou não, implementar as portagens na A 24 e A 25. Basta de atirar a pedra e esconder a mão, uma atitude claramente irresponsável e infantil do PS Viseu!

Mais, o portajamento da A 24 e da A 25 implica o pagamento de rendas extra aos concessionários, como compensação de revisão das Parcerias Público Privadas. Assim, o contribuinte passa a pagar com “as duas mãos”. Paga as portagens, e paga a ruinosa e ilegal alteração das compensações aos concessionários destas vias. Para uns tudo e para outros nada. É esta a política do PS, PSD e CDS, ao defenderem o portajamento das portagens.
 
Neste cenário de falta de confiança, não podemos deixar passar em claro a questão da reorganização do mapa administrativo das autarquias locais. José Junqueiro, cabeça de lista do PS/Viseu e Secretário de Estado da Administração Local, em vários debates, disse que não haveria extinção de Municípios.
 
Ora, o memorando de entendimento com a Troika CE/BCE/FMI expressamente diz: “3.43. Reorganizar a administração do governo local. Existem actualmente cerca de 308 municípios e 4.259 freguesias. Em Julho de 2012, o governo vai desenvolver um plano de consolidação para reorganizar e reduzir significativamente o número de tais entidades. O Governo vai implementar esse plano com base em acordo com o pessoal da CE e do FMI. Estas mudanças, que entrarão em vigor no início do próximo ciclo eleitoral local, vão melhorar o serviço,aumentar a eficiência e reduzir custos.”.
 
Assim, sendo o PS, PSD e CDS, subscritores do memorando de entendimento com a Troika CE/BCE/FMI devem esclarecer, de forma cabal, quais os municípios que pretendem extinguir no distrito de Viseu, para que não tenhamos de voltar a enfrentar esta falta de palavra, que tanto afecta a confiança na relação eleitores/eleitos. Para que não mais se continuem a desculpar uns com os outros.

Acede ao Dossier SCUT's para saberes toda a verdade sobre as portagens:

http://viseu.bloco.org/index.php?option=com_content&task=blogsection&id=25&Itemid=62