Home arrow Universidade de Viseu arrow Bloco de Esquerda aprova duas moções em assembleia municipal
Menu
Home
Notícias
Documentos
Agenda
Jovens
Comunidade
Opinião
Vídeos - Documentários
Foto Galeria
Dossiers
SCUT's
Universidade de Viseu
Serviço Finanças 2
Minas da Urgeiriça
Jornadas Parlamentares
Newsletter






a_tuabeira.gif 
     Car@ leit@r esta é uma
     secção sua.
     Uma secção onde serão
     publicadas as opiniões
     que nos enviarem com
     esse fim.
     Os textos deverão ser
     enviados para o e-mail:
      Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o JavaScript terá de estar activado para que possa visualizar o endereço de e-mail
     Não podemos publicar
     textos não assinados
     ou insultuosos.
adere.gif
Assina/segue-nos no:


Recebe automaticamente por email as novas notícias:


Insere o teu email


twitter-birds.png

Add to Google Reader or Homepage 

Outros

 

Site do Bloco de Esquerda de Viseu, Bloco, b.e., Esquerda de Confiança, Juntar Forças, São Pedro do Sul, Vouzela, Tabuaço, Oliveira de Frades, Santa Comba Dão, Penedono, Penalva do Castelo, Nelas, Mortágua, Tondela, Vila Nova de Paiva, Tarouca, Armamar, Resende, Cinfães, Carregal do Sal, Sernancelhe, São João da Pesqueira, Sátão, Coração de Jesus, Rio de Loba, Campo, Abraveses, São José, Orgens, António Minhoto, Osvaldo Numão, Maria Graça Pinto, Carlos Vieira, Carlos Couto, Daniel Nicola, Bandeira Pinho, Alexandrino Matos, Rui Costa, Joel Campos, António Amaro, Manuela Antunes, Carla Mendes, Joge Carneiro, Padre Costa Pinto, Francisco Louçã, Marisa Matias, Miguel Portas, Pedro Soares, Magaça

Bloco de Esquerda aprova duas moções em assembleia municipal PDF Imprimir e-mail
30-Dez-2008

estrelan.jpgA Deputada Municipal Maria da Graça Pinto apresentou três moções à Assembleia Municipal de Viseu, sendo aprovadas as moções relativas à Luta dos Professores  e à Universidade Publica de Viseu e chumbada a que propunha a criação de um gabinete de crise. Votou também contra o Orçamento Municipal, Plano Anual de Actividade e Projecto de Regulamentação da Propaganda Partidária propostos pela Câmara Municipal.

Através da proposta sobre a Educação do B.E. a Assembleia Municipal manifesta a sua solidariedade com a luta dos professores por um modelo de avaliação justo, e pela dignificação da carreira docente. 

A mesma, aprovando a moção relativa à Universidade Pública , manifestou que os viseenses não esquecem as promessas de vários governos no sentido de criar em Viseu uma universidade pública, sendo a melhor solução para servir os interesses da região e do país a transformação do Instituto Politécnico de Viseu numa Universidade Politécnica, de forma a poder desenvolver plenamente todas as potencialidades das suas escolas, incluindo a Escola Superior de Saúde, tão desvalorizada face às necessidades do País

Vimos ainda chumbada uma moção que proponha a criação de um gabinete de crise de atendimento público com o intuito de proceder ao levantamento das situações de pobreza e exclusão social, endividamento das famílias e das pequenas e médias empresas. Visando o acompanhamento dos problemas mais prementes e  das situações de pobreza provocadas pela crise actual .

Maria da Graça votou ainda contra Orçamento municipal e Plano Anual de Actividades pois considera que os mesmos não vislumbram uma política camarária que dê resposta ao actual contexto sócio-económico e financeiro. E tendo as receitas do IMI aumentado, de acordo com as previsões, cerca de 19%, os mesmos teriam de privilegiar medidas que contribuíssem para minorar, significativamente, as dificuldades dos cidadãos e contribuíssem para combater as desigualdades e a exclusão social. Leia AQUI! a intervenção da deputada onde também denunciou situação de xenofobia em relação a família cigana.

O B.E. opôs-se firmemente a um projecto de regulamentação da propaganda partidária, apresentado pela Câmara e que cerceava, gravemente, a liberdade de expressão.


 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
© 2023 Bloco de Esquerda - Distrito de Viseu
Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.